Blog

O Plástico Como Matéria-Prima

O Plástico Como Matéria-Prima

O Plástico Como Matéria-Prima – O Plástico é um material de origem natural ou sintética, derivados do petróleo ou de fontes renováveis como, por exemplo, a cana-de-açúcar ou o milho. Os plásticos são divididos em duas grandes categorias, os termoplásticos e os termofixos.

Os materiais plásticos vêm sendo utilizados há muitos anos no mercado, como uma alternativa de substituição a diversos tipos de materiais como o aço, o vidro e a madeira devido às suas características de baixo peso, baixo custo, elevadas resistências mecânica e química, e ainda por serem materiais recicláveis. Este material passou a estar presente em grande parte do nosso cotidiano.

 

Quais as vantagens que o plástico proporciona em sua de utilização?

  • Reciclável
  • Leve
  • Flexibilidade e maleável
  • Isolante térmico
  • Grande durabilidade
  • Higiênico e asséptico

 

Tipos de plásticos

Existem dois grandes grupos aos quais são divididos os materiais plásticos, que são os termoplásticos e os termofixos, cuja divisão tem como base a diferença do seu comportamento térmico durante a fase de processamento. Os polímeros termoplásticos amolecem quando aquecidos, podendo assim, adquirir novas formas, sendo remoldados. Esse processo pode ser repetido por diversas vezes, sem prejudicar a estrutura do polímero, o que torna possível a sua reciclagem. Os polímeros termofixos não podem ser remoldados através do aquecimento. Eles são moldáveis em algum estágio do processamento, mas ao final torna-se um sólido rígido e não poderão ser moldados novamente.

Os tipos de plásticos mais consumidos atualmente são os Polietilenos (PE), Polipropilenos (PP), Poliestirenos (PS), Policloretos de vinila (PVC) e os Poliésteres (PET), sendo chamados de commodities devido à grande produção e aplicação destes materiais.

 

Suas aplicações encontradas em nosso cotidiano:

 

Polietileno Tereftalato (PET): Frascos de refrigerantes; Produtos farmacêuticos; Produtos de limpeza; Fibras têxteis.

Policloreto de Vinila (PVC): Tubos e conexões; Calçados; Equipamentos médico-cirúrgicos; Esquadrias; Revestimentos.

Polipropileno (PP): Embalagens de massas e biscoitos; Potes de margarina; Seringas descartáveis; Equipamentos médico-cirúrgicos; Fibras e fios têxteis; Utilidades domésticas; Autopeças (para-choques de carro).