Blog

Como acontece o processo de injeção de peças plásticas

Como acontece o processo de injeção de peças plásticas

Você sabe Como acontece o processo de injeção de peças plásticas? A injeção de peças plásticas é um processo muito empregado na fabricação desses artefatos devido a sua produtividade, qualidade, flexibilidade e, ainda, porque permite que as peças sejam precisas e também atinjam ótima qualidade superficial durante a execução.

 

Hoje em dia, pode-se dizer que é quase impossível encontrar um produto que tenha sido fabricado sem a presença de uma peça que não tenha passado pelo processo de injeção de peças plásticas.

 

Dessa forma, a presença da injeção de peças plásticas está em componentes que são empregados em equipamento médicos, eletrodomésticos, brinquedos, automóveis, eletrônicos, equipamentos usados no ramo da agricultura, produtos usados em casa e muito mais.

 

A vantagem é que a peça produzida a partir da injeção de peças plásticas pode ter os mais diferentes tamanhos podendo ser desde pequenas peças ou componentes de um relógio de pulso até em grandes peças como um para-choque.

 

Etapas do processo de injeção de peças plásticas

 

 

Na primeira etapa, o molde é fechado e isso acontece por meio da movimentação elétrica ou hidráulica da máquina que faz a injeção. O molde deverá estar fechado e as placas muito bem travadas, pois isso assegura a injeção do material na parte interna da peça e evita o aparecimento das rebarbas.

 

Na segunda etapa, acontece a dosagem, ou seja, é aqui que o material plástico duro será amolecido e para isso será preciso injetar nas cavidades do molde. Esse processo é feito de forma rápida, porém é preciso saber que cada produto pede uma quantidade certa de dosagem.

 

Depois do plástico já mole, será preciso realizar o preenchimento. Tal processo é feito de forma rápida para que não aconteça um congelamento da matéria-prima que ficou mole em razão da dosagem.

 

A colocação do recalque vem para manter a pressão na parte interna da pressão a fim de diminuir a ação da contratação que a matéria-prima exerce em razão de estar esfriando. Essa etapa é fundamental, pois é imprescindível que o preenchimento aconteça de forma igual, pois assim diminuem os defeitos da peça.

 

O componente que passou pela injeção é levado para ser resfriado longo após ter recebido a matéria-prima em suas cavidades. Os moldes têm um sistema que fazem com que esse processo aconteça de forma mais rápida por meio dos seus circuitos de refrigeração.

 

Isso ocorre, porque na parte interna há circulação de água e o objetivo é fazer com que o material plástico se solidifique ficando com a forma final do produto e livre de deformações.

 

Para finalizar, o produto que já deve estar frio é extraído da parte interna do molde por meio de uma placa extratora, pino, mandíbula ou qualquer outro mecanismo e assim ele é entregue para o cliente que fez tal solicitação.

 

Ficou com alguma dúvida sobre o processo de injeção de peças plásticas? Precisa fazer uma peça a partir do processo de injeção de peças plásticas? Entre em contato conosco e saiba como podemos viabilizar isso!